RÁDIO VOTORANTIM
l
VOTORANTIM-SP
Sistema Apple

MATÉRIAS PUBLICADAS

 

Votorantim reduz intervalo da dose de reforço de vacina contra Covid-19 de 5 para 4 meses

Votorantim reduz intervalo da dose de reforço de vacina contra Covid-19 de 5 para 4 meses

O intervalo para a aplicação da dose de reforço da vacina contra Covid-19 foi reduzido de 5 meses (152 dias) para 4 meses (122 dias). A medida entrará em prática na próxima segunda-feira (6) em Votorantim, após decisão do governo do estado de São Paulo em meio às primeiras confirmações de casos da variante ômicron no Brasil.

As vacinas oferecidas serão a AstraZeneca / Fiocruz, a CoronaVac / Sinovac / Butantan e a Pfizer. A aplicação será feita em votorantinenses, desde que seja obedecido o intervalo entre as doses de cada imunizante.

Nesta segunda-feira, a aplicação será feita em nove unidades de saúde, sem a necessidade de agendamento. O trabalho ocorrerá das 8h às 15h na Vila Nova e Bela Vista, com entrega de senhas até as 14h.

Nas unidades Vila Garcia, Barra Funda e Clarice, a vacinação acontecerá entre 8h e 12h. No Cristal, das 8h às 15h. No Novo Mundo, Green Valley e Tatiana, das 9h às 12h.

Excepcionalmente nesta segunda-feira não haverá vacinação na UBS Serrano. Os funcionários da unidade passarão por um treinamento.

A Secretaria de Saúde ressalta a importância de a população completar o ciclo vacinal e tomar a dose de reforço. Há o risco da chegada de uma terceira onda do coronavírus ao País e, para evitar o aumento de casos e de mortes, os votorantinenses precisam buscar a vacina.

 

Documentos necessários

A pessoa precisa comparecer à unidade de saúde com documento de identidade com número de CPF. É necessário ainda o comprovante de residência em Votorantim, a carteira de vacinação (para segunda dose e dose de reforço).

No caso de jovens entre 12 e 17 anos, a pessoa precisa estar acompanhada por um responsável. Outra opção é apresentar um termo de assentimento assinado.

 

Confira como será a vacinação nesta segunda-feira (6) em Votorantim:

Primeira dose: Para as pessoas com 12 anos ou mais de idade. Livre demanda, sem a necessidade de agendamento.

Segunda dose da AstraZeneca / Fiocruz - 8 semanas: Para as pessoas vacinadas com a AstraZeneca / Fiocruz, as quais receberam a primeira dose há 56 dias ou mais. Livre demanda, sem a necessidade de agendamento.

Segunda dose da Pfizer - 8 semanas: Para as pessoas com 12 a 17 anos de idade, as quais receberam a primeira dose há 56 dias ou mais. Livre demanda, sem a necessidade de agendamento.

Segunda dose da Pfizer - 21 dias: Para as pessoas com 18 anos ou mais, as quais receberam a primeira dose há 21 dias ou mais. Livre demanda, sem a necessidade de agendamento.

 

Dose adicional

1. Quatro meses após a segunda dose: para as pessoas com 18 anos ou mais de idade, as quais foram vacinadas com a CoronaVac / Sinovac / Butantan, AstraZeneca / Fiocruz ou Pfizer há 122 dias ou mais.

2. Dois meses após a dose única: para as pessoas com 18 anos ou mais, as quais foram vacinadas com a Janssen há 61 dias ou mais.

3. 28 dias após a segunda dose: para as pessoas com alto grau de imunossupressão, com 18 anos ou mais de idade. É preciso fornecer cópia de laudo, declaração ou prescrição médica que comprove um dos critérios contemplados. Caso as duas primeiras doses já tenham sido administradas devido à mesma condição de saúde, não será necessário apresentar a documentação novamente. Independente da vacina recebida.

4. Até o presente momento não existem recomendações para dose adicional em pessoas de 12 a 17 anos.

 

CoronaVac / Sinovac / Butantan: Disponível nas unidades Bela Vista, Vila Nova e Tatiana, a partir das 8 horas, até o encerramento das doses disponíveis.

 

 

Fonte: Prefeitura de Votorantim




< Voltar

Copyright 2022 - Rádio Votorantim    •    Grupo Alphanet Hosting